Histórias

História da Juliana e da Mariela

15/07/2011 às 17:09

Minha historinha com Blythes começou em 2009, quando eu conheci as bonecas, e nessa época eu já havia me encantado com elas, mas achava que era um desses sonhos impossíveis, já que vinham de fora e na minha cabeça eu só poderia comprar pelo eBay, tendo cartão internacional, e tudo o mais. Nem a grana eu tinha, quanto mais um cartão internacional. Diante disso, eu nem sequer procurei saber os preços de uma Blythe, já que todo mundo dizia ser uma boneca caríssima, eu já sabia que nem o dinheiro eu teria como arrumar mesmo.

Bom, passou-se algum tempo…eu continuei a ver fotos das bonecas, comecei a pesquisar no Flickr e de repente onde eu me virava na Internet tinha uma Blythe no meio. Aí sim começou a obsessão. Conheci a May da Bruna e fiquei completamente encantada com as fotos e as historinhas que ela criava, eu decidi aí que eu precisava de uma Blythe!

Aproveitei que o aniversário tava chegando e logo depois o Natal, eu nem trabalhava aí e nem tinha outra fonte de renda a não ser o dinheiro que ganhava da família! E foi desse jeito que fui juntando grana pra Mariela. Tempo depois apareceram freelas pra fazer e então a graninha deu uma aumentada…até que eu precisava de pouco pra completar e a ideia de uma boneca subia tanto pela cabeça que eu fui na cara dura e pedi aos meus pais HAHAHA me senti criança de novo fazendo isso, e depois de muita discordância e cara feia deles, toparam!

Em fevereiro de 2010 eu, por dentro de tudo, encomendei a Mariela com a Érika e meu sonho tava feito! O nome da Mariela veio fácil, fácil, é uma personagem das minhas histórias e eu tenho carinho por esse nome. Não sei porque, desde que eu vi a Adorable Aubrey eu me apaixonei e decidi que essa seria minha Blythe. Enquanto eu juntava grana outros modelos foram sendo lançados mas eu não mudava de ideia (só somava algumas as próximas que ainda sonho em ter hahaha) e mesmo sabendo que já tinham alguns mais baratos, era ela que eu queria.

Ela chegou no dia 3 de abril de 2010 e já tem 1 ano e alguns meses! A ansiedade vendo todos os dias o rastreio no correio era gigante. Eu ficava olhando o carro do sedex ir e vir todos os dias e nada. Surpreendentemente ela chegou num sábado num fim de tarde, e eu já tava era sem esperanças (achando que só na segunda-feira quem sabe hehehe) desci frenética pra buscar a caixa com o porteiro! Depois de alguns papéis rasgados, dei de cara com a cabeçuda mais linda que já vi e nossa, a cabeçona dela era maior do que eu pensava HAHAHA mas ainda assim, linda linda! Fiquei mais ainda apaixonada. E daí por diante, só amor…

Mariela tem 7 anos eternos, não importa quantos anos ela passe comigo e quantos aniversários ela faça, ela sempre terá 7 anos! É uma mexicaninha que veio ao Brasil morar na minha casa, tem sonhos, adora música, adora dançar e compartilha de amor por artistas iguais aos meus. É, ela sou eu hihihi! Por isso que não me considero mãe dela, nem irmã, digo que temos uma ligação forte que é uma mistura disso, eu cuido dela e ela de mim, eu ensino a ela e ela aprende comigo. E brincar de boneca é uma gostosa terapia. Ninguém sabe apreciar bem a beleza dela (acho que eu, poucas amigas e minha vó somente hahaha) mas todo mundo já se acostumou (ou tá tentando…) de que a Mariela agora faz parte de mim.

Graças as Blythes conheci um universo novo, onde posso criar, fantasiar e compartilhar isso com pessoas que vou conhecendo a cada dia e que sentem o mesmo que eu por termos o mesmo hobby.

Planejo mandar ela pra uma custom básica, não quero mudar muitas coisas nela, só uns detalhes que fazem toda diferença como fez a Mai da Gabri. Planejo também num futuro não muito distante, trazer outra cabeçudinha pra fazer companhia a ela, mas por enquanto vou mimá-la até não poder mais e tenho certeza que ela vai adorar isso.

Leia Também

4 Comentários

  • Responder Renata 10/01/2013 at 12:22

    amei sua história!!! to desesperada por uma Blythe, como faço p/ comprar? vc poderia me ajudar por favor?!?!?! Desde já agradeço!!! bjo

  • Responder djovana 30/11/2012 at 01:19

    eu nao sei onde comprar vc onde comprou ?

  • Responder Mariana 16/07/2011 at 16:34

    “a cabeçona dela era maior do que eu pensava HAHAHA mas ainda assim, linda linda! Fiquei mais ainda apaixonada. E daí por diante, só amor…”

    Juliana, eu senti a mesma coisa quando vi minha primeira Blythe! Relembrei daquele momento único através da sua história com a Mariela! Fiquei feliz!!!!!

    beijos.

  • Responder marjore 15/07/2011 at 18:27

    ooi amei a história! tenho q esperar muito ainda pra ter minha blythe :21:

  • Comentar